Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 4,18 4,18
EURO 4,62 4,62

Com participação de magistrados tocantinenses, XI Fonavid foca na equidade de gênero para combater violência doméstica e familiar contra a mulher

Promover ações que resultem na prevenção e no combate eficaz da violência contra as mulheres, por meio do aperfeiçoamento e do compartilhamento de experiências entre os magistrados. Esse é foco trilhado pelo XI Fórum Nacional de Juízas e Juízes de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher (Fonavid), que começou na última terça-feira (5/10) e vai até esta sexta-feira, em São Paulo, com as presenças da juíza Nely Alves da Cruz, coordenadora estadual do Combate à Violência Doméstica no Tocantins, e do juiz Ademar Alves de Souza Filho, titular da Vara Especializada no Combate à Violência Doméstica e Crimes Dolosos contra a Vida, da Comarca de Gurupi. A magistrada tocantinense classificou o tema em discussão - “Educação para a Equidade de Gênero: Um Caminho para o Fim da Violência contra a Mulher” -, como o mais importante entre todas as edições do Fonavid até agora. “Apesar de tantas políticas públicas em prol dessa nobre causa, infelizmente, a violência doméstica contra a Mulher só aumenta, não só no Brasil, mas no mundo inteiro. Portanto, para acabar, ou pelo menos diminuir essa violência, o caminho viável é a educação de nossas crianças”, avaliou. Nely lembrou ainda que o Tocantins ocupa hoje o sétimo lugar no ranking nacional em violência doméstica e familiar contra a mulher, ao passo que até 2018, ocupava o quinto lugar. “Segundo as estatísticas, não foi no Tocantins que a violência diminuiu, mas sim em outros dois Estados em que ela aumentou”, ressaltou juíza tocantinense, que também integra a Comissão Executiva do Fonavid, representando toda Região Norte do país. Programação A programação desta quinta-feira (7/11) prevê discussões, proposições e a consolidação das conclusões dos grupos de trabalho Cível e medidas protetivas, Criminal, Boas práticas e Multidisciplinar. Já o encerramento do evento, nesta sexta-feira, prevê a Conferência Magna – “A família brasileira ontem e hoje: rupturas e permanências”, com a historiadora, escritora e professora Maria Del Priore, seguida da Assembleia Geral do Fonavid.
07/11/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia