Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,79 3,79
EURO 4,30 4,30

Em curso para diretores do TJTO, consultor destaca importância da liderança eficaz para aprimorar serviços prestados ao cidadão

Seja em uma empresa privada ou em uma instituição pública, o sucesso da gestão está diretamente ligado ao tripé liderança, conhecimento e gerenciamento, afirmou o consultor José Antonio de Padua Oliveira nesta segunda-feira (18/2), no primeiro dia do curso para diretores do Tribunal de Justiça (TJTO), que está sendo ministrado na Escola Superior da Magistratura Tocantinense (Esmat) e que terminará nesta quarta-feira (20/2).Ao citar exemplo de grandes corporações nacionais e internacionais, Oliveira lembrou que a gestão, além de ter uma liderança eficaz, precisa dominar o seu negócio e saber gerenciá-lo, sob pena de não alcançar os resultados a que se propõe. Daí a necessidade de se investir no aprendizado, na qualificação, no treinamento do time, sob o lema da ética e do respeito, para que as metas sejam alcançadas e incrementadas. E, diante dos desafios, é fundamental que se construa uma política efetiva de enfrentamento de crise, na qual a base da cadeia de comando precisa não só levar os possíveis problemas enfrentados, mas também as soluções para seus superiores. “É preciso ter coragem para dar conhecimento ao chefe sobre um assunto grave, daí a importância de o time estar bem treinado e bem orientado”, ressaltou Oliveira, que faz parte dos quadros da Empresa Falconi, cujo mantra é “Organizações mais eficientes em gestão constroem uma sociedade melhor”. “O curso, que busca incentivar o empreendedorismo dentro do setor público, vai ao encontro da meta do nosso presidente, o desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, que é construir uma Justiça cidadã, ao contemplar eficiência administrativa, produtividade e resultado”, afirmou o diretor-geral do TJTO, Jonas Demóstene Ramos, lembrando que o conteúdo do aprendizado será difundido no Tribunal. “É um novo paradigma, uma mudança cultural para que nós alcancemos resultados profícuos para os nossos 1,5 milhão de jurisdicionados e também aos magistrados e servidores”, frisou Ramos.  
18/02/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia